top of page

O inimigo interno: Como departamentos desconectados destroem sua competitividade


A eficiência de uma empresa não depende apenas da excelência em seus processos principais da cadeia de valor, mas também da harmonia e sinergia de suas áreas de suporte. No entanto, é comum encontrar departamentos como contas a pagar, jurídico, recursos humanos e outros, que operam de maneira desconexa do fluxo de valor principal. Essa desconexão se traduz em processos morosos, lead times internos não otimizados e ineficiências que prejudicam a competitividade e a agilidade organizacional.


Esses departamentos muitas vezes funcionam como "ilhas" dentro da empresa, com suas próprias metas e objetivos, desconectados da visão global do negócio. Falta de proximidade com as áreas operacionais e falta de conhecimento do negócio levam a decisões que não consideram os impactos em toda a cadeia de valor. Isso resulta em desperdício de tempo, recursos e oportunidades.


A abordagem lean enterprise, que visa a maximização do valor para o cliente enquanto minimiza desperdícios, requer uma mudança de mentalidade e uma integração profunda de todos os processos organizacionais. O trabalho em cluster, onde departamentos operam de forma isolada, dificulta essa integração e compromete a eficácia do modelo lean.


Para alcançar verdadeira eficiência e competitividade, é essencial que as empresas busquem uma abordagem mais integrada e colaborativa. Isso significa que os departamentos de suporte devem trabalhar em estreita colaboração com as áreas operacionais, entendendo suas necessidades e desafios, e alinhando seus processos e objetivos com a estratégia organizacional.


Além disso, investir no desenvolvimento de uma visão sistêmica e no aprimoramento das relações entre os diferentes setores da empresa é fundamental. Isso não apenas aumentará a eficiência e a produtividade, mas também fortalecerá a cultura organizacional, promovendo o trabalho em equipe e a inovação.


Portanto, é hora de repensar a forma como os departamentos de suporte operam e promover uma mudança cultural que valorize a integração, a colaboração e a busca contínua pela excelência operacional.


Afinal, a verdadeira vantagem competitiva está na capacidade de adaptar-se e evoluir em um ambiente empresarial em constante transformação.


Se gostou, curta, compartilhe, comente.


Em frente!


Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page